Universitárias contam porque não se depilam mais.